ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 25 nov 2013 · HISTÓRIA

Marcus Lupurini

Através do Quadro Origem das Ruas de Vianópolis, você vai conhecer um pouco da história de vida de pessoas que dão nomes as ruas, avenidas e praças de nossa cidade. Alguns dos nomes são desconhecidos dos mais jovens, que não sabem o que essas pessoas representaram para a nossa comunidade.

A intenção deste quadro é informar que ao colocar um nome em uma determinada rua, praça ou avenida, a Câmara Municipal e o poder público municipal prestam uma justa homenagem a cidadãos que de uma maneira ou de outra foram de grande importância para o município em suas áreas de atuação.

Para se criar o nome de uma rua, tudo começa na Câmara Municipal, que analisa o projeto proposto por um dos vereadores e que depois de aprovado, precisa ser sancionado pelo prefeito do município.

Depois disto, a Prefeitura encarrega da confecção de placas e de comunicar aos correios, empresas de telefonia, energia elétrica e água o nome colocado em um logradouro.

Hoje no Quadro ORIGEM DAS RUAS DE VIANÓPOLIS vamos contar que uma das principais ruas do Bairro São José, leva o nome de um homem que nasceu na Itália, e que veio para o Brasil ainda adolescente.

Depois de residir em Campinas, Estado de São Paulo, veio para Vianópolis, onde residiu por muitos anos e faleceu em uma acidente em Goiânia.

Ele empresta seu nome para denominar uma Rua do Bairro São José.

Esse italiano enfrentou perigos e mais perigos pelos céus de Goiás e do Brasil, numa época em que a aviação não tinha os meus recursos tecnológicos dos dias atuais.

Uma das ruas do Bairro São José leva o nome de Marcus Lupurini, que foi piloto por muitos anos em Vianópolis e um dos responsáveis por nossa cidade contar com um Aeroclube fundado em 1949. Poucas cidades brasileiras tinham um aero clube.

O Aero Clube Civil de Vianópolis, foi fundado no dia 11 de junho de 1949, quando foi eleita sua primeira diretoria, tendo Marcus Lupurini como Diretor Técnico.

Quando da sua abertura, foram inscritos 20 alunos, sendo que quatro destes, entraram para a história da aviação do município.

Marcus Lupurini veio para Vianópolis, após conseguir seu brevê em São Paulo e trabalhou no antigo Correio Aéreo Nacional (CAN), que fazia o serviço de transportes de São Paulo para a Ilha do Bananal, passando por Vianópolis, onde existia a Charqueada Olinda que vendia charque (carne seca) para outros estados, e o avião do CAN era quem levava o produto.

Depois de se mudar para Vianópolis, Marcus Lupurini lutou pela fundação do Aeroclube e trabalhou posteriormente por muitos anos transportando mercadorias e pessoas para diversos pontos de Goiás e do Brasil.

Marcus Lupurini faleceu em dezembro de 1952.

Numa viagem que fez de Vianópolis para Goiânia, o seu avião enfrentou um tempo ruim sobre a capital do nosso estado. Ele ficou durante muito tempo sobrevoando Goiânia, esperando o tempo melhorar. No entanto, o avião caiu no centro da cidade, próximo onde hoje é a Praça do Avião, após o combustível acabar. Vianópolis perdeu um grande colaborador e a aviação brasileira um grande piloto.

Hoje, Marcus Lupurini dá nome a uma das ruas do Bairro São José, sendo sempre lembrado pelos vianopolinos.

E o Quadro ORIGEM DAS RUAS DE VIANÓPOLIS lembra que muitos homens e mulheres, de saudosas memórias, que muito contribuíram com o crescimento e desenvolvimento de Vianópolis não foram homenageados com seus nomes em ruas, praças ou avenidas de nossa cidade.

Que nossos vereadores e membros do poder executivo pesquisem com carinho e descubram que alguns saudosos vianopolinos precisam ser lembrados e emprestar seus nomes para denominar logradouros públicos.

Existem muitos logradouros com nomes de estados, números e outros, sendo possível portanto, mudanças e reparar erros que possam ter acontecido.

A título de exemplo, em Vianópolis pelo que apurou nossa reportagem não existe nenhuma rua, praça ou avenida que leva o nome do saudoso fazendeiro vianopolino, Macel Caixeta, falecido em 2008.

Macel Caixeta foi presidente da FAEG-Federação da Agricultura do Estado de Goiás e teve um papel de grande importância no agronegócio do Brasil.

A exemplo de Marcus Lupurini, que dá nome a uma das ruas do Bairro São José, outros saudosos vianopolinos precisam também ser homenageados com seus nomes denominando ruas, praças e avenidas de nossa cidade.

Mais dados sobre Marcus Lupurini que dá nome a uma principais ruas centrais de Vianópolis estão no livro 1000 FIGURAS VIANOPOLINAS de nossa autoria e que foi publicado em 2011 pela Editora Kelpes de Goiânia.

Fonte: Correspondente Vianopolino